Mania de Pipoca: A invenção de Hugo Cabret

8 abr

Um filme poético, com toda a beleza necessária a uma grande história. Entrou para a lista dos meus filmes prediletos desde o dia em que o vi. Tudo foi muito bem planejado por Martin Scorsese, o roteiro, o figurino, a fotografia, os cenários, a magia que envolve a história. É de filmes assim que precisamos no mundo difícil em que vivemos, filmes que nos façam sonhar! E este filme é mesmo sobre sonhos e descobertas, sobre reviravoltas que a vida pode dar e mistérios que nos levam ao caminho certo.

 “Se o mundo fosse uma grande máquina eu não poderia ser uma peça sobressalente.”

Com frases de efeito e uma história comovedora,  homenageando  o pai dos efeitos especiais Georges Méliès, que realmente existiu, e produziu mais de 500 filmes, sendo o mais famoso dele Le voyage dans la lune (Viagem à lua) de 1902, de onde vem o desenho que é uma peça importante da história.

Um elenco maravilhoso recheado por Jude Law, Asa Butterfield, Ben KingsleyBorat Sacha Baron CohenChloë Grace Moretz.

Na Paris pós Primeira Guerra Mundial, Hugo Cabret (Asa), vive sozinho na estação de trem da cidade, acertando os relógios, trabalho de seu tio alcoólatra que o abandona. Seu único alento é um autômato (espécie de robô do inicio do século xx), que seu pai (Jude Law) deixa para ele antes de sua morte. Ele acredita que consertando o autômato ele terá uma mensagem importante de seu pai. Na busca das peças ele descobre muitas coisas sobre si mesmo e sobre as pessoas que o rodeiam.

Nesse caminho para a descoberta de sua vida ele conhece o cineasta Méliès (Kingsley) e sua sobrinha Isabelle (Moretz). O filme mostra que realmente ninguém é uma peça sobressalente e que todos necessitam dos outros para sermos felizes.

Eu adorei o filme e cada vez que o assisto aprendo um pouco mais com a perseverança e crença na vida que Hugo cabret possui. uma grande obra de Scorsese, para se guardar e assistir muitas e muitas vezes!

 

“Gosto de imaginar que o mundo é uma grande máquina. Você sabe, máquinas nunca tem partes extras. Elas têm o número e tipo exato das partes que precisam. Então imagino que se o mundo é uma grande máquina, eu também estou nele por algum motivo. E isso significa que você também está aqui por alguma razão.”

Feliz páscoa a todos!

Beijos,

Vivianne Becker

Anúncios

4 Respostas to “Mania de Pipoca: A invenção de Hugo Cabret”

  1. any abril 8, 2012 às 10:23 pm #

    tô loka pra assitir esse filme
    trendluxo.com.br

  2. Augustine Oflynn abril 14, 2012 às 11:36 pm #

    Great information. I am grateful I came across your site by chance. I’ve bookmarked it for a different time!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: